segunda-feira, 5 de maio de 2008

Bailado


A dança da vida
em passos incertos…
…musicais no teu corpo
adormecido nos meus sonhos!
Convite velado no toque indelével
dos dedos, que marcam ritmados
a tua presença na pele escaldante!
Poema a quatro mãos
Feito de palavras que sentem
a doçura da tua boca
salpicada de fruta fresca!
Passos gastos em abandono total
neste jogo sem vencedores,
no deambular sonâmbulo,
entre episódios marcantes
e números de azar sorteados
no acaso da sorte!

152 comentários:

dragonfly disse...

Os passos incertos de uma dança que é a vida... mas o que realmente interessa é que bailamos, mesmo que seja em segredo... E afinal de contas nós somos os grandes protagonistas desta nossa dança... Continua o teu bailado de palavras... estarei na plateia a dar-te o meu aplauso...

Carla disse...

Veruska
incerta...mas profundamente bela!
beijos amiga

Kraak disse...

Apesar das incertezas, Maio é o mês das flores e dos amores. A fruta fresca ocorre ao longo de todo o ano! Um dia, também vou fotografar o "acaso da sorte"... e calcular a probabilidade de ele ocorrer em qualquer um dos meses do ano! :)

Obrigado pela "rendinha". Fico-te muito honrado com tal prémio! :)

Bjzz floridos

Auréola Branca disse...

Um dia perguntaram-me sobre minhas poesias. Respondi: Não possuo a arte de poetizar palavras.
Mas, tu, nossa! Muito boa tua poesia...
Imaginei-me em jogos de amor, onde o toque é a peça principal.
Abraços, Carla.

Just me disse...

A dança incerta que é amar... ^^

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Carla, apesar das incertazas de tudo na vida...O bailado é belo !
Beijos

KNOPPIX disse...

A tua poesia também é salpicada de fruta fresca, a vida é como uma cigana, arisca, não se deixa apanhar, umas vezes marcada pela dança, outras pela dureza que encerra.

Beijinhos com sabor a morangos acabados de colher, tem um boa semana :)

Maria Clarinda disse...

Lindo, lindo este teu poema...Adorei.
Jinhos mil

daniel disse...

Carla

Efectivamente, o acaso será uma sorte. O acaso é um pouco um deus dos loucos. Mes gostado-se do teu pensamento, sendo bomitas as esferas, talvez não se deva apostar, nesse tal de acaso!

Daniel

pinguim disse...

Excelente poema neste começo da semana.
Beijinhos.

Capriccio disse...

Um bailado na mesa de bilhar! Interesante! Beijinhos :)

Xisko the kid disse...

15 no canto esquerdo ?

Pedro M disse...

A surpresa é o sal que apimenta a vida... e as paixões.

Um beijo

☆ tenshicris ☆ disse...

Ho minha linda e que dança esta ... mas como em tudo e preciso aprender ... pisar ...errar para fazer valer o aprefeiçoamento ate atingirmos o desejado... a maioria das coisas funciona assim,...


Beijinhoss

Pena disse...

Linda Amiga:
Este "Bailado" é feito de palavras doces, ternas, lindas.
Os passos. Os gestos são admiráveis.
Um perfeito "deambular sonâmbulo" que todos arrebata e enternece.
Enfim, uma felicidade incontida feita e decorada "no acaso da sorte".
Um poema verdadeiramente sublime de beleza e encanto.
Gostei muito.
Um Prémio que lhe foi atribuido merecidamente. Parabéns!
MUITO OBRIGADO pela indicação do sêlo "Porque uma Amizade é importante para mim".
Registo-o com um delicioso sentir imerecido, mas que a sua bondade mo atribuiu.
É lindo o que escreve. Mais uma vez: MUITO OBRIGADO sentido!
Beijinhos de amizade, estima e imenso respeito pela sua enorme significação para as pessoas.

pena

Adorei a sua visita terna e simpática.

Olhos de Mel disse...

Oie Carlinha! Estou tentando um retorno, ainda não sei se vou conseguir ficar, mas a saudade dos amigos me faz voltar.
Lindos versos! A vida com certeza, é uma dança, cujos passos são realmente, incertos, imprecisos. Mas temos que criar coragem e seguir. Vencer os obstáculos, deve ser sempre, nosso objetivo. E é com esse pensamento que tento voltar a normalidade da vida. Difícil, mas tenho que tentar.
Boa semana!
Beijos

JPD disse...

Desejo multifacetado nas cores das esferas, na perfeição.

Maria disse...

Se os passos fossem todos certos a vida perdia a sua graça.... digo eu...
Assim terá muito mais interesse. Gostei do teu bailado.
Boa semana
Beijos

Rocket disse...

poema a quatro mãos... isto duma pessoa andar por aqui é como visitar a gruta do ali babá...só tesouros!

...poema a quatro mãos...

gaivota disse...

incertos ou desacertados, bailemos, sempre ao som da vida!
beijinhos

gaivota disse...

incertos ou desacertados, bailemos sempre em números de sorte ou de azar, o som bailado da vida!
beijinhos

marta disse...

Obrigado, Carla, pela campanha da Amizade.

Muito bonito o teu poema.

Beijinhos

Gato Aurélio disse...

Sabedoria quase chinesa

se alguém não te alimenta
inventa
uma manhã de sol
fruta fresca
chá de hortelã
pra despertar a alma
com calma
porque o dia apenas começa
e amor não combina com pressa

Célia Musilli

;O)

lgbolhares disse...

Belo bailado este! Incerto, pois. Mas não é por isso que faz todo o sentido?

Beijinho

herético disse...

poema muito bonito, Carla. de uma delicada sensualidade...

gostei muito.

Fatyly disse...

Bateu fundo porque de facto a vida é toda ela uma dança, por vezes rotativa como uma bola - sorte e azar - num jogo onde entram todos os sentimentos. Mas cada um à sua maneira deverá manter o tabuleiro (essência) intacto, lutando dia-após-dia e ao segundo para que não se percam as peças (sentimentos) na palete das cores (des)batidas pelas intempéries e bonança (negativo e positivo) que me faz dizer-te que perante este teu "Bailado"... tiro-te o meu chapéu e aplaudo-te de pé.

Beijos sinceros

Carla disse...

Kraak
queres companhia para fotografar esse "acaso"?
...já te devolvi o "p"
beijos

Carla disse...

auréola branca
...o toque é música...são sensações
beijos

Carla disse...

just me
...incerta mas imensamente saborosa
beijos

Carla disse...

Chana
as incertezas têm a beleza das descobertas!
beijos

Carla disse...

knoppix
é como a vida, umas vezes oferece-nos um sorriso, outras lágrimas de dor
...em todos os casos merece ser vivivda com intensidade
beijos

Carla disse...

Maria Clarinda
obrigada
pelas palavras de apreço
beijos

Carla disse...

Daniel
...talvez tenhas razão, mas às vezes ele pode surpreender-nos numa esquina qualquer da vida
beijos

Carla disse...

pinguim
obrigada
boa semana
beijos

Carla disse...

capriccio
todos os locais têm uma magia própria para dançarmos
beijos

Carla disse...

Xisko the kid
hummm pareces especialistam acredito no teu palpite e deixo-me embarcar neste "acaso"
beijos

Carla disse...

pedro m
sem sal...a vida não tem sabor!
beijos

Carla disse...

☆ tenshicris ☆
arriscar, errar, aprender
arriscar, acertar, aprender
...em suma vivemos uma aprendizagem cinstante na luta pela felicidade
beijos

Carla disse...

pena
quem agradece sou eu..pela sua sensibilidade, pela sua amável presença, pelas suas palavras!
beijos

Carla disse...

olhos de mel
fico feliz pela tua volta...espero que seja demorada
...sempre que precisares sabes que os "desalinhos" estão aqui à tua espera
beijos e bom regresso

Carla disse...

jpd
para cada cor um desejo, para cada desejo uma sensação
beijos

Carla disse...

maria
...seria demasiado previsível
beijos

Carla disse...

rocket
...obrigada pelas palavras
...a quatro mãos tem uma magia especial!
beijos

Carla disse...

gaivota
incertos...desalinhados...com(n)vida
beijos

Carla disse...

marta
tinhas que ser uma das contempladas...não te conheço pessoalmente mais és uma verdadeira amiga, na blogosfera, aliás se aqui estou devo-o em muito a ti
beijos grandes

Carla disse...

gato aurélio
...inventar é uma das minhas actividades preferidas
beijos amiga

Carla disse...

lgbolhares
...quem diria que a incerteza podia fazer sentido...mas faz, deixa-nos pelo menos a certeza de que tudo pode ser possível
beijos

Carla disse...

herético
muito obrigada
beijos

Carla disse...

fatyly
posso dizer-te que ninguém baila (comenta) como tu!
deixo-te um beijo em ritmos de dança

p y b disse...

Belo poema neste mês de Maio e bonita conjugação de palavras-imagem!
Beijinhos e boa semana,
Beta

Carla disse...

pyb
palavras e imagem em bailado
boa semana
beijos

João Videira Santos disse...

"A dança da vida
em passos incertos…
…musicais no teu corpo
adormecido nos meus sonhos!"
- dança de palavras na doce melodia de imagens poéticas...Gostei!

Carla disse...

João Videira Santos
imagens poéticas e poesia com imagens
obrigada
beijos

mateo disse...

O teu convite ao toque ritmado na dança da vida... tem, no fundo, o sabor salpicado de fruta fresca!
Gostei muito... como sempre, Carla!
Beijo.

mateo disse...

Muito obrigado pelo mimo deixado na Campanha da Amizade.
Beijo "carimbado" e... retribuído.

Carla disse...

mateo
...a fruta fresca oferece-me lembranças muito especiais...
obrigada por teres aceite o meu Miminho
beijos

D@rk @ngel disse...

Linda amiga
Aqui estou como disse!
Sempre que posso visito quem guardo no coração...
Muito mais quem adoro ler!
:)
Deixo te um beijo doce

ivone disse...

dança comigo...

Denise disse...

Carla
A vida é cheia de incertezas, mas no ritmo da música e bailar da dança, manobramos todos os obstáculos.Lindo poema.

Bjs,
Denise

PS: Vc'estava com dificuldades de comentar no meu blog porque ele estava com problemas, mas agora acho que está tudo bem, obrigada pela insistência e carinho.

Carla disse...

D@rk @ngel
volta sempre
beijos

Carla disse...

ivone
...é sempre um prazer
beijos

Carla disse...

Denise
eu é que agradeço a tua visita
beijos

wind disse...

Bela "dança" sensual e sem vencedores:)
Beijos

Carla disse...

wind
...ou melhor...com dois vencedores
beijos

Rafeiro Perfumado disse...

Em cima da mesa de snooker?!? Não sabes que isso desalinha a mesa, jove?

Carla disse...

Rafeiro Perfumado
eheheheh....foi por uma boa causa
beijos

Capitão-Mor disse...

Doçura de boca fresca salteada de fruta fresca? Hummm...muito nos contas! :)

Carla disse...

capitão
...a frescura do sentir!
beijos

Carlos disse...

«Convite velado no toque indelével
dos dedos, que marcam ritmados»...
palavras para quê? ..... o toque , no toque ,se viaja se sonha , se deleita.....se ama....
lindo....


beijio

Carla disse...

Carlos
...o toque...a descoberta...
beijos

Xisko the kid disse...

há acasos do melhor...entra.

Carla disse...

Xisko the kid
...há não há?
já entrei
beijos

Val Du disse...

Foto e palavras lindas.

Boa semana.

Beijos

Gi disse...

a dança da vida

o efeito surpresa

que bom

marchar seria desolador

um beijo grande, obrigada pela tua presença


digo eu que ando tão ausente :)

Carla disse...

Gi
mas quando a ausência se faz presença é com prazer que te recebo nos meus "desalinhos"
beijos

Rui disse...

Debruçou-se sobre a vida e fincou bem os pés na terra. Segurou o taco com confiança e aguçou o olhar, amarrando-o no objectivo. Recuou o braço e, num movimento rápido, mil vezes ensaiado, projectou-o depois para a frente. O embate foi preciso. A bola saiu a dançar por entre os dias, em busca de cair no sítio certo, na altura certa.

Carla disse...

Rui
provavelmente a bola ainda estará a dançar por entre os dias...que belas as tuas palavras!
beijos

biazinha disse...

Lindo texto!
Assino embaixo das palavras de Dragonfly. Seus poemas além de esteticamente belos stão sempre carregados de muita sensualidade.

Bjuxx.

***Fotografia e Luz*** disse...

Bonito bailado de palavras e bonita fotografia, um encanto, beijinhos

Bloguemate disse...

Provavelmente a melhor maneira de viver é a dançar a vida...Bjs

Liz / Falando de tudo! disse...

Adorei a fotos dos pes, neste bailado do azar! Bem criativa você hein!
Apesar de eu estar numa semana intensa, eu não podia deixar de vim te agradecer o carinho de passar no meu blog, volte sempre que quiser!
Um abraço,
Liz

Gerlane disse...

Poema a quatro mãos? Nunca fiz, deve ser um sentir singular.

Beijos pra ti!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Carla, lindo...
Adorei!!!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Sérgio Figueiredo disse...

"A dança da vida em passos incertos...". Pura verdade, esta dança é uma incerteza, a da Vida. Podemos ter os números certos ou os não desejados. Mas os passos de dança persistem e cada vez se dança melhor. Mais acertados como a vida.

Beijo Grande

Multiolhares disse...

Palavras dançarinas em bailado de amor
beijinhos

© efeneto disse...

...a dança da vida...num jogo interesante de palavras...beijito de amizade

(Un)Hapiness disse...

o mundo a teus pés...:)

kiss

Espaço do João disse...

Olá Carla.
Agradecido pelo teu gesto de solideriedade. Sou uma espécie de dinossauro, não desapareço assim tão rápido. Já passei por mil amarguras e todas foram superadas. Amanhã é outro dia e, vou sempre à luta.Lutar é o meu lema e, jamais me senti derrotado.
Falando do teu poema...Que dizer? Os Deuses bafejam-te com essa elequência. Muito bonito e sentimental. Recebe um abraço de gratidão . João

Espaço do João disse...

Olá Carla.
Grato pela preocupação sobre o meu estado de saúde. Sou um dinossauro. Não me deixo extinguir com facilidade. Para mim há sempre um amanhã. Sou um lutador nato, e jamais me deixarei vencer. Tenho passado por muitas agruras mas, tenho superado tudo e todos.
Falando sobre o teu poema... Que posso dizer? O talento é uma virtude que te acompanha . bem Hajam aos virtuosos. Um grato abraço do João.

Kok disse...

Num rodopiar suave de uma valsa Vienense poderiam ser as nossas vidas.
Mas não; também dançamos tangos, swings, mornas e sambas, boleros e mambos, salsas e quiçaz coentros!
Todas devem fazer parte desta nossa vida até o baile acabar!
Beijinhosss!

ps.: já vi; e obrg pela prenda!

Martim disse...

Porque em tão poucas palvras dizes tanta coisa, nao resisti em comentar...adorei o poema:)
continua...beijos

anamarta disse...

Passos gastos em abandono total neste jogo sem vencedores.
Gostei muito do teu bailado!
beijos

mia disse...

parabens parabens

voce tem blog maravilioso

teu poema tem

perfume da vida!

obrigada

♥♥♥beijos♥♥♥

Carla disse...

biazinha
obrigada pelo teu olhar
beijos

Carla disse...

blogemate
provavelmente tens razão
...as férias correram bem?
beijos

Carla disse...

Liz
não precisas agradecer...e volta sempre que quiseres
beijos

Carla disse...

gerlane
...partilha sublime
beijos

Slim disse...

O encanto da vida é o incerto, o inesperado, o não saber onde vamos pôr os pés já a seguir!

Carla disse...

Fernandinha
obrigada pela simpatia
beijos

Carla disse...

Sérgio Figueiredo
incerta a vida, certa a vontade de dançar
beijos

Carla disse...

multiolhares
palavras dançarinas...sim gostei do teu olhar
beijos

Carla disse...

efeneto
...interessante é a dança da vida
beijos bailarinos

Carla disse...

Martim
...ainda bem que não resististe...obrigada pelo comentário
beijos e volta sempre

Carla disse...

Val Du
obrigada
beijos

Carla disse...

(Un)Hapiness
pelo menos o meu mundo
beijos

Carla disse...

Espaço do João
que bom que assim é
e fico feliz por ter gostado destas simples palavras
beijos e as melhoras rápidas

Carla disse...

Kok
a dançar somos versáteis...na vida também temos de o ser
beijos dançarinos

Carla disse...

anamarta
é tão bom quando os passos ficam gastos por um dança infinita
obrigada
beijos

Carla disse...

mia
palavras com perfume de vida...palavras lindas para me oferecer
obrigada
beijos

Carla disse...

Slim
sem dúvida...a surpresa pode ser um bálsamo para a vida
beijos

Kraak disse...

Carla, quando eu sentir que esse acaso está prestes a acontecer, como já te tinha dito, serás a 1ª a saber. :))

Depois é só combinar. Trazes a máquina? :D

Bjzz!

Esplanando disse...

Bailado ou jogo?

Carla disse...

kraak
obrigada pela escolha, terei todo o gosto...
levo a máquina certamente, não poderia falhar tal evento
beijos sem acaso, mas com sorte

Carla disse...

esplanando
...os dois
beijos

Carol disse...

E, às vezes, é tão difícil dançar esta dança.

NAELA disse...

Um bailado em que os passos desta dança é um desafio aliciante!
A imagem foi muito bem escolhida.
Beijo doce

Paula Raposo disse...

Belas as tuas palavras. Como dizes e bem, o acaso da sorte...Muitos beijos.

Carla disse...

Carol
é mesmo
beijos

Carla disse...

Naela
aliciante esta dança
obrigada por ter gostado desta dança
beijos

Carla disse...

Paula Raposo
obrigada pelas tuas palavras
beijos

Lyra disse...

Olá,

Venho pedir desculpas por não vir cá há algum tempo, mas a verdade é que o meu filhote esteve doente e, como estive com ele em casa, o trabalho acumulou e agora o tempo é escasso.

Hoje apenas venho agradecer a tua amizade e simpatia e dizer que voltarei brevemente, com mais tempo, para pôr a merecida leitura do teu blog em dia, sim?

Beijinhos e até breve.

;O)

Capitão-Mor disse...

Não percas o desfecho da blogsérie luso-brasileira! :)

Carla disse...

Lyra
espero que o teu filho esteja melhor e volta quando puderes
beijos

Carla disse...

capitão
hummmmmm vou já lá
beijos

São disse...

Que a dança da vida te seja suave e bela.
Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
a dança . . .
dos meus sentidos . . .
.
conchinhas
,
*

Carla disse...

são
...nos seja suave e bela
beijos

Carla disse...

poetaeusou
...e que os sentidos nunca nos falhem
beijos

inespimentel disse...

Jogo sem vencedores,assim é!
E de certa maneira, em todos os jogos e na vida em geral, mesmo quando parece o contrário, sempre se ganha alguma coisa, em tudo há uma lição nesta vida... ainda que não vislumbremos qual, muitas vezes.Um abraço cheio de pensamentos positivos

Carla disse...

inespimentel
obrigada pelas palavras serenas que me deixou...foram uma brisa neste momento
beijos

Spectrum disse...

É sempre um prazer passar por aqui.
Beijinho Carla

Carla disse...

Spectrum
é um prazer infinito ter-te por aqui...anseio pelo fim do "closed" que nos rouba as tuas palavras
beijos amigo e volta rápido

Fernando Rozano disse...

por não serem exatos e por serem não incertos são os passos que nos levam a eterna aventura do viver. belíssimo texto. abraços.

OUTONO disse...

Nunca dancei, em cima de um bilhar.

Mas acredito, que a imagem (leia-se verdade) que imaginastes...é bem real, para dar aconhecer as dificuldades na dança da vida, seja qual for...

Estás de parabéns...como sempre!

Um beijo muito terno!

Nilson Barcelli disse...

Excelente bailado cara amiga, isto é, poema. Escreves bem, não me canso de repetir.
Gostei de ler.

Bom resto de semana, beijinhos.

gasolina disse...

O gosto do jogo é não sabermos, a arte fica pendente do engenho de quem o toma entre mãos. Assim será o amor muitas das vezes, os números da sorte a nós de os sabermos encontrar.

Beijo para ti.

Julio Cesar disse...

Fantástico este teu bailado!;-)
Já estava com saudades dos teus desalinhos.É sempre bom passar por aqui.
Um beijo Carla.Tiveste 1 bom dia da mãe?Espero q sim.;-)
JC

Carla disse...

Outono
as danças podem ser imaginárias, as dificuldades essas é que são quase sempre reais
obrigada pelas doces palavras
beijos

Carla disse...

Nilson
as tuas palavras dançam nos meus ouvidos
obrigada
beijos

Carla disse...

Fernando Rozano
bela a aventura de viver
simpáticas as suas palavras
beijos

Carla disse...

gasolina
...ter a sorte de encontrar a sorte
beijos

C Valente disse...

Gostei do poema, a foto é que está deslocada do tema
Saudações amigas

Carla disse...

C Valente
...obrigada pela opinião
bjs

Carla disse...

júlio césar
obrigada, volta sempre a estes desalinhos
e sim tive um fantástico dia da Mãe, com a minha princezinha
beijos

muguet disse...

dizer que não...também doi!

beijo, carla, beijo...precisei de vir aqui...

...passos incertos, cheios de incertezas...
...queria o abandono total...um dia, que nao o de hoje talvez...

disse...

Muito bom... prazeres que só quem vive sabe saborear.
beijo grande

Carla disse...

muguet
se dói...
vem sempre
beijos

Carla disse...

so
cheia de razão
beijos

jasmimdomeuquintal disse...

Gostei muito deste poema

Carla disse...

jasmimdomeuquintal
obrigada pela simpatia
beijos

Gonçalo T. Almeida disse...

Jogar snooker com os pés deve ser complicado. Descalços então ainda mais :). Perspectiva interessante.

Carla disse...

Gonçalo T. Almeida
não deve mesmo ser nada fácil...
obrigada
beijos