quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Areias errantes


Percorre-me os espaços desertos do corpo…pregos em pó desfeitos espetados na armadura ferrugenta das noites mal dormidas. Sonhos de infância, graúdas realidades nos berlindes esquecidos no bolor pardacento do ser errante. Ao longe o infinito feito de finitas alergias a sóis que nunca se põem e se alimentam de sombras que vestem a esperança moribunda.
Devora o deserto equívocos e lamentos … fartas armadilhas onde aprisiona poesias de oásis ainda por inventar.
Castelos de areia onde permanecem escondidas as letras felizes da palavra. Altivas …num jogo de esconde-esconde tornam-se a negação da sua essência, espelham desejos e oferecem amargura sedenta.
Lapsos do pensamento que se perdem na abertura de uma luz sem feixes onde o riso se esfuma como fumo em espiral escorregadia.
Embrulho-me em armas…que matam ilusões, que enterram alegrias dormentes… fingidas de respirares rarefeitos.
Apodrecem sementes de um não germinado amor!
Polvilhado grito num desespero de não-sentires e penso que há mil vidas atrás olhei para ti e pensei: visto-me com a areia que trazes nas tuas mãos…és o meu mar em cada noite que passas em mim!
Fez-se de areia...deserto de areia a engolir quartos minguante de tresmalhadas memórias!



Nota: Se puderem passem pelo blog do Nuno Sousa http://nunosousaphoto.blogspot.com/ e vejam o texto que escrevi e principalmente a magnífica foto que ele tirou.

229 comentários:

1 – 200 de 229   Mais recente›   Mais recente»
Carla disse...

Porque há pessoas especiais que entram na nossa vida e se tornam uma presença eterna…deixo estas palavras tristes, mas com vida.
Beijos…para sempre

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Léo Mandoki, Jr. disse...

...foi msm isso que senti ao ler o teu belissimo texto: TRISTEZA...mas tbm me pensar numa coisa...a mulher, bem mais que o homem, guarda na memória do seu corpo toda a felicidade do amor...no corpo da mulher, nos gestos, a gente encontra memórias de amores antigos...e isso é próprio da mulher...
beijosss

Pandora disse...

Tristes palavras, mas escritas com a beleza de um sentimento.

Beijos

Cadinho RoCo disse...

Afogada pelo amor sedento eis que da areia mar e deserto se confundem.
Cadinho RoCo

NAELA disse...

Linda mais um toque sublime da tua pena que acaricia as palavras e os olhares de quem te le!
Adorei a imagem tambem
Beijo terno

Carol disse...

Como te entendo...

tossan disse...

Passei no Nuno, eu já conhecia. Fiquei maravilhado com o teu texto.
Este ser errante gosta muito do que escreves os teus desertos e castelos de areia. Bj

wind disse...

Um texto bastante forte e profundo.
Beijos

ines disse...

Já fui, já comentei e como era de esperar, gostei muito!

Fragmentos Intemporais disse...

Olá Carla:
Em primeiro lugar quero dizer que amei o seu blogue, as suas palavras e o respectivo sabor que lhes atribui!

Obrigada pela sua visita, a porta está aberta... sempre que queira voltar!

Um beijo intemporal!

Maria disse...

Um "não germinado amor" será amor? Terá sido amor?
Às vezes confundimo-nos, ou eu confundo-me, mas as sementes podem esperar anos que nunca apodrecem. Um dia germinarão...

Um beijo, Carla

gaivota disse...

e assim acontece nas areias errantes... tão sábias que elas são... e o rasto que deixam, eterno!
beijinhos

Valter Montani disse...

Carla,

gostei das suas palavras e da maneira que descreve seus amores. É dessa maneira que há de ser: fantasiosa e maravilhosa, bjs e sucesso|!

LOURO disse...

Olá Carla, o teu texto poético, tras-nos mãos cheias de amrgura e tristeza!
É evidente que a vida, não é vivida só de alegrias!
Mas, como teu amigo, doí-me o coração, ver-te emocinalmente menos bem...
Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

Vieira Calado disse...

Este seu texto está muito bem escrito.
Agora vou passar pelo blog que indicou.

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Belíssimo texto esse!
O alinhamento dessas palavras me emocionou profundamente!
Beijos e borboleteios

Duarte disse...

Esse mar que inunda tu ser;
areias em desalinho
que juntas dão forma,
perfilam plácido anoitecer.
Os caminhos nem sempre
tem o mesmo recorrido;
por vezes são sinuosos,
mas levam ao mesmo fim.

Um grande abraço

DANTE disse...

Eu fico sempre sem jeito quando aqui venho...gosto do que leio mas sinceramente não sei o que dizer...
Parabéns pela escrita , exprimes-te muito bem com as palavras.
Desculpa a fraqueza do comentário ;(

Jokas :)

Mai disse...

Olá, Carla.

Um pesar-angustiado de tristeza-amargurada. Mas mesmo assim, linda escrita.

Grata pela visita ao Inspirar.

Abraços.

Voltarei, sempre.

mateo disse...

Boa tarde, Carla!
E um beijo.

Olhos de mel disse...

Oie linda! Existem momentos na vida que nos sentimos assim, mas felizmente passam! Procure não lembrar do que foi triste, mas dos momentos de alegrias. Não perca a fé, a esperança, porque elas é que trazem coragem para viver o novo dia.
Fique com Deus! Beijos

Fatyly disse...

Areias errantes...pequenos grãos de um texto feito com palavras sentidas e profundamente marcadas no teu "eu".
Contra factos não há argumentos, porque tudo isso faz parte do espólido do teu projecto Vida conforme também dizes no teu comentário.

Parabéns e toma lá uma beijoca

Rafeiro Perfumado disse...

Quer-me parecer que uma boa chuvada e metade deste texto fica desfeito... ;)

Beijo!

São disse...

Continuas a bridar-nos textos muito interessantes e da foto gostei muito.
Bem hajas!

Amaral disse...

A espiral do tempo junta um belo texto com uma foto invulgar...
Como um jogo de esconde-esconde, vá-se lá saber quem ganha...
Ambos, naturalmente!

Marta disse...

Mesmo tristes, sinto esperança nas tuas palavras....
O mar vai e vem, lava a areia, mas pode trazer um presente...
Uma gruta, uma estrela do mar...uma luz muito própria...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

mfc disse...

E tudo começou com um simples jogo de berlindes!

anamorgana disse...

Belas e tristes palavras,mas a nossa memória por vezes não nos deixa esquecer a alguen que não foi e a sua memória perdura sempre. Beijos
anamorgana

Simples Assim... disse...

Sempre achei que, em geral, as pessoas confundem o ser amado com o próprio amor (o sentimento em si). Bom seria se amássemos e pronto e o objeto fosse variando, se não nos sentíssemos tão vazios quando o ser a quem amamos (que é finito por natureza) fosse embora.

Concordo que suas palavras soaram muito tristes, mas não menos belas por isso. Aliás, a beleza muitas vezes caminha de braços dados com a tristeza.

Bjin !!!

vero disse...

" visto-me com a areia que trazes nas tuas mãos…és o meu mar em cada noite que passas em mim! "

minha amiga hoje estou sem palavras... lindo, triste, mas profundamente belo...

Beijinhos
( irei visitar o blog que recomendas :) )

mdsol disse...

lindo texto Carla.
:))

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Carla, tu própria defines bem o teu texto "palavras tristes, mas com vida"!!!
Assim de facto está o teu belíssimo texto, onde a tristeza tem a música poética... Li o texto que escreves-te no Nuno... Lindo vai ficar muito bem no livro... Eu também escrevi um Soneto para a Ave que ele tem de relógio... Lê e depois dis-me se gostas-te!
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

em azul disse...

Gosto de areia e de me vestir dela.
Um beijo, Carla
em azul

Andreia disse...

Fascino-me com a profundeza dos textos e das palavras com que descreves os momentos.

Obrigado pela visita!
Beijo*

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Carla, belo texto...Profundo sentimento...Espectacular...
Beijos

Maripa disse...

Tristeza-saudade,tristeza-desilusão é o que me passam as tuas palavras...mas o amor vive em todas as letras que escreves.

Beijinho com ternura, Carla querida.

JOSÉ NEVES disse...

E que vida nestas palavras!...

Fantástico.

Um beijo.

umquarentao disse...

Apelo em divulgação na internet:
- ÚTEROS ARTIFICIAIS: Uma Investigação Cientifica Prioritária!


Nas Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas apenas os machos mais fortes é que possuem filhos.
No entanto, para conseguirem sobreviver, muitas sociedades tiveram necessidade de mobilizar/motivar os machos mais fracos no sentido de eles se interessarem/lutarem pela preservação da sua Identidade.
De facto, analisando o Tabú-Sexo (nas Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas) chegamos à conclusão de que o verdadeiro objectivo do Tabú-Sexo era proceder à integração social dos machos sexualmente mais fracos; Ver http://tabusexo.blogspot.com/.

Com o fim do Tabú-Sexo a percentagem de machos sem filhos aumentou imenso…
As Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir a sua História!!!
Isto é, estas sociedades não podem continuar a tratar os machos sexualmente mais fracos como sendo o caixote do lixo da sociedade!!!
Isto é, os machos ( dotados de Boa Saúde ) rejeitados pelas fêmeas devem possuir o legítimo Direito de ter acesso a ÚTEROS ARTIFICIAS.


PS
Alarmado com o número muito elevado de solitários, o governo Sérvio quer "importar" 250 mil noivas para solitários...

Celamar Maione disse...

Carla....
São as contradições do amor que nos dão inspiração.
É a vida que pulsa dentro de ti.
Bons e belos ventos !

Ana Martins disse...

Muita beleza nas tuas areias errantes!

Beijinhos

Esplanando disse...

Hummm... nunca pensei desejar ser um berlinde! :-D

Dias disse...

"és o meu mar em cada noite que passas em mim!"

... a devida vénia!!

Val Du disse...

A tristeza é companheira do amor.
Há pessoas que vivem em nós para sempre. Lembrança constante que o tempo não apaga, apenas acalma.

Um grande beijo.

Chinha disse...

Como está tão bem conjugada a tristeza com a beleza.

Uma maravilha ler-te

beijinho e bom fim de semana

Justine disse...

Palavras em rodopio e torvelinho, tal como tão bem ilustra a fotografia excelente!
Belo...

jorge vicente disse...

belo texto. eu vou passar no blog dele!!!

um beijinho
jorge

Nuno disse...

Olá! As pessoas especiais ficam para sempre no nosso coração, mesmo aquelas que nos deixam e que um dia partiram para uma longa viagem. Mesmo que as palavras sejam tristes, dão que pensar. Não tens nada que me agradecer! Beijos e um bom fim de semana para ti. Um abraço

Eduardo Aleixo disse...

História triste, mas comtada com o grande talento de sempre.
Um bom fim de semana. Beijinhos.
EA

Osvaldo disse...

Olá Carla;
Falar de poesia é falar da Carla. Falar de gente que escreve maravilhosamente bem é falar da Carla também.
E falar de alguém que nos brinda com literatura maravilhosa, que dá gosto consumir, tal a sua qualidade, mesmo que seja em desalinho, só poderemos falar da Carla.
É sempre um enorme prazer passar por aqui, cara amiga.
Votos de bom fim de semana e bjs.

Francis disse...

Os teus textos são tão rofundos e tão... sei lá, cheios de vida que é dificil não nos envolverem.
Este, é especialmente profundo.
1 beijo.

João da Silva disse...

Carla, que delícia vir aqui.
Cada vez que a visito eu me sinto entrando num templo. Num templo de paz, de beleza, de harmonia, de emoções, de tantas coisas boas...
Beijos, minha linda, de mil carinhos, com aroma de rosas, do João

Gilbamar disse...

Encontros e desencontros fazem o nosso viver mais emocionante e cheio de recordações. Alguns amores são inesquecíveis e deixam marcas profundas para toda a vida.

Brilhante texto!

Deixo meu fraterno abraço amigo.

poetaeusou . . . disse...

*
soberbo,
ardentes palavras,
na procura do sentir,
no aceitar da angustia,
das areias . . . movediças,
,
conchinhas de luz,
envio,
,
*

Pierrot disse...

Embrulhio-me em armas... que matam ilusões... deu ate para sentir a dedicatória.
Lindissimo
Amei o texto
Bjos daqui
Pierrot

pin gente disse...

palavras trstes e que me soaram como desilusão.
um beijo com ternura
luísa

já fui ler as palavras no blog do nuno.
parabéns!

Lmatta disse...

belo texto
gosto
beijos

Cadinho RoCo disse...

Sempre bom vir passar por aqui e sentir calor da sua inspiração.
Cadinho RoCo

cõllybry disse...

Na vida que é bem escorregadia,à sempre uma luz, uma esperança,momentos bons que nos faz levantar de novo e sorrir para a vida...

Da tristeza nasce beleza em Tua escrita...

Fica a oferta do meu selinho da amizade,pega ele com carinho...

Fica bem terno beijo


À Flor da pele

hfm disse...

mastigo a sede.

rosa dourada/ondina azul disse...

Texto intenso cheio de vida,
Como bem dizes,
Uma presença pode ficar...


Beijinho cheio de amizade e ternura por ti,

C Valente disse...

Texto muito especial
saudações amigas

© Piedade Araújo Sol disse...

tanto sentimento nas tuas palavras.

mais um belo poste, com um texto triste mas sentido.

a foto está muito bem enquadrada.

beij

Betty Branco Martins disse...

.querida ________Carla



_______no triste



também existe_____o belo!




é







da beleza do teu texto que falo__________...






(passa por favor no "FRAGMENTOS"____obrigada)








beijO_____C________carinhO

Sol disse...

Boa noite Carla!
venho agradecer o seu carinho em visitar o meu blogue, que lindo o seu texto parabéns.
Tenha um bom fim de semana
com carinho beijinho no coração
(Sol)
Maria...

águia_livre disse...

Simplesmente ... BRILHANTE

Embora algo triste.

Visitem

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/

Seja feliz
.

Menina do Rio disse...

Lindo! Tenho que admitir que os mais belos poemas nascem dos momentos mais sentidos...

Te deixo um beijinho na alma

ecos... disse...

Um texto, admiravelmente bem escrito... mas que tem de ser relido mais uma vez... porque "ele" merece, e tu deslizas a tua " pena" por artes mágicas.

Parabens, querida Carla.

Beijinhos e bom fim de semana,

Nuno de Sousa disse...

Tens tanto talento amiga, não consigo descrever o que sinto qdo leio o que escreves... admiro-te amiga :-)
Obrigado pelo endereço que aqui deixaste... mas não é a minha foto mas sim o teu saber e escrita que valoriza essa minha foto, o talento é teu.
Bjs grandes e um bom fds
Nuno

zm disse...

...

Ainda que triste o momento que as tuas palavras desenharam fica em Ti "... para sempre."

A distância certa no tempo, concerteza, te trará um sorriso, reflexo da Tua coragem.

bjs

águia_livre disse...

Soberbo. Muito bonito

Visitem:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/

Sejam felizes.
.

Pedro Barata disse...

Fazes textos lindos, impossíveis de não tocar a quem lê. Parabéns e beijinhos grandes para ti

Desnuda disse...

Este pensamento diz tudo:

"....visto-me com a areia que trazes nas tuas mãos…és o meu mar em cada noite que passas em mim!
Fez-se de areia...deserto de areia a engolir quartos minguante de tresmalhadas memórias"


Beijo, querida.

Inez disse...

Existem pessoas que se tornam parte de nós, depois magoam-nos, mas apesar da dor sentida já é tarde essa pessoa já é um pedeço de nós, e fica para sempre, nem que um dia já seja apenas uma memória, continua lá. Porque o amor quando verdadeiro, torna-se uma tatuagem interior.

Gostei imenso do texto :)

Táxi Pluvioso disse...

Bom fim-de-semana.

Shakti disse...

Memórias ...memorias passadas para aqui de uma forma magnifica !!!

bj

Pearl disse...

Carla ler-te é sempre um prazer...lindo, lindo como sempre!

beijo

PS:vou seguir o teu conselho!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Carla, votos de um bom fim de semana... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Parapeito disse...

Tanta tristeza misturada com tanta beleza :(
E como te entendo ...há pessoas especiais que ficam sempre coladas feitas pele em mós...


Gosto de te ler******

Sei que existes disse...

Tristemente belo...
Beijocas grandes

Eduardo Serra Lopes disse...

"Embrulho-me em armas…que matam ilusões, que enterram alegrias dormentes… fingidas de respirares rarefeitos."


mt bom:)

Cleo disse...

Carlinha, como sabes maravilhosamente colocar sentimentos em palavras. E realmente há pessoas que deixam rastros enormes, presenças perenes em nossas vidas, com certeza.
Beijos de bom domingo e o selinho prá ti aqui:

http://i418.photobucket.com/albums/pp262/Stardust_049/selos-premios/y1pUtyNdgPiDe_1ZnHyxoiLJIfJ-fWS5P_B.jpg

Um Momento disse...

Carla...
Esta na altura de te despires das armas...
O que li é simplesmente lindo mas deveras doloroso...
Cada palavra parecia um alfinete florido espetando cada poro meu, fazendo-me arrepiar e logo a seguir uma lágrima caia....
Deixo-te um abraço muito forte e...até já

(*)

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Carla, votos de um bom resto de Domingo e feriado... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Vanessa. disse...

Mais uma vez, fiquei encantadíssima com as tuas palavras, sempre sentidas, profundas, recheadas de uma beleza enorme. E, claro, vou já passar pelo blog que referiste :)

LuzdeLua disse...

Belíssimo texto. Sempre há algo de maravilhoso entre o mar e suas areias errantes.

"Quem foi que assim nos fascinou para que tivéssemos um ar de despedida em tudo que fazemos?"

Passando para te deixar um abraço e dizer que vou ali e já volto. Algo dói aqui dentro e preciso ver o que será de perto.
Peço apenas que não esqueça meu cantinho, para que me ajude a fazer do retorno uma festa.
Deixo um beijo com carinho e a certeza de que fazes parte da minha vida.
Até a volta em breve
Beijos

Filoxera disse...

Este não é um dos poemas que me habituei a ver aqui, feitos de sensualidade e beleza.
Mas a vida tem destas e doutras coisas, não é?
Beijos.

Liz / Falando de tudo! disse...

nao passei no blog do nuno, mas adorei o que escrevestes aqui!
sempre que posso passso pra te visitar! tenha uma excelente semana!!

fotógrafa disse...

Cheguei com o frio,o vento e a chuva,
Bateu a saudade,
E fiquei mais amiga que nunca…

Abraço e bom feriado!

Klatuu o embuçado disse...

Anda a inspiração a fugir-te para as praias...? Vai ser um Inverno severo...

São disse...

SEm nada de novo, os meus votos de semana serena.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo o seu poema em rposa;
Querida:
Você ainda não foi apreciar a minha postagem no Galeria sobre o filme da Massai Branca. Vou ficar à sua espera. E se quiser tomar um chá comigo, vá ao poemas e canções.
Beijos,
Renata
Vou passar no endereço que vc deixou

Fernando Rozano disse...

palavras sensíveis que se entrelaçam com a tristeza. e em suas linhas e entrelinha, a vida permanece intacta. beijo.

Poeta Mauro Rocha disse...

A vida é assim, nos dá e nos tira, mas sempre deixa a lembrança eterna do que sempre será especial.

BJS!!!

L.Reis disse...

hoje apenas me apetece dizer:belo...

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Carla venho desejar-te uma boa noite de Paz e Amor...
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Å®t Øf £övë disse...

Carla,
Podes vestir-te de areia, ou transformar em mar, mas nunca construas o amor baseado em castelos de areia.
Bjs.

f@ disse...

Carla desculpas pela ausência...
Magnifico texto mas tenho de voltar para reler...
beijinho das nuvens

NOVO MUNDO disse...

Linda poesia muito profunda...adorei. Uma boa semana e com grande prosperidade.

GarçaReal disse...

Muito belo este teu texto.

Laivos de tridteza a salpicar o deserolar ....Maravilha

boa semana

bjgrande do lago

Carla disse...

MPereira
aguardando que os quartos minguantes se transformem em lua cheia...
beijos

Carla disse...

Léo
sim...é um texto triste. Tens razão a mulher consegue ter uma memória de sentires muito forte
beijos

Carla disse...

Pandora
..a vida também se faz desses momentos
um beijo amigo para ti

Carla disse...

Cadinho Roco
areia/mar no querer...deserto no sentir

Carla disse...

Naela
obrigada pelas palavras, apesar do sabor amargo destas carícias
beijos

Carla disse...

Carol
...se me entendes é porque de alguma forma sentes, ou sentiste algo assim...
beijos

Carla disse...

Tossan
vindo de quem escreve com tanto sentimento como tu só me posso sentir feliz com o elogio
beijos

Carla disse...

Wind
obrigada pela tua leitura
beijos

Carla disse...

Inês
e eu só te posso agradecer a tua constante amabilidade
beijos

Carla disse...

Fragmentos Intemporais
obrigada pela visita e pela simpatia...voltarei certamente
beijos

Carla disse...

Maria
...se as condições forem propícias a isso. Às vezes há amores plenos que por uma série de obstáculos se tornam proibidos
beijos

Carla disse...

Gaivota
errantes como os sentimentos que voam e se instalam onde se sentem bem
beijos

Carla disse...

Valter
...a fantasia dá cor quando a vida se teima em vestir de cinzento
beijos

Carla disse...

Louro
as emoções têm cargas positivas e negativas...não conseguimos viver só com as positivas, embora a vontade seja nesse sentido.
Obrigada pela preocupação
beijos

Carla disse...

Vieira Calado
obrigado e espero que tenhas gostado também do outro texto
beijos

Carla disse...

Brunella
que a emoção tenha sido agradável, apesar da tristeza
beijos

Carla disse...

às vezes perdemo-nos na sinuosidade dos caminhos
beijos

Carla disse...

Dante
...eu é que agradeço o comentário e espero que não te sintas "sem jeito"...as palavras são simples
beijos

Carla disse...

Mai
pesar-amargurado...assim é, principalmente quando somos nós os causadores dessa amargura
beijos

Carla disse...

Mateo
boa semana para ti
beijos

Carla disse...

Olhos de mel
...tens razão os momentos belos nunca passam...são parte integrante de nós
beijos

Carla disse...

Fatyly
...um projecto vida que às vezes nos prega surpresas!
beijos retribuídos

Carla disse...

Rafeiro Perfumado
...uma tempestade, talvez!
beijos

Carla disse...

São
obrigada pelas palavras
beijos

Gonçalo T. Almeida disse...

Mais um belo texto cheio de sentimento como é hábito. Tudo tem um pricipio e infelizmente um fim.

Carla disse...

Amaral
ambos ganham...ou ambos perdem
beijos

Carla disse...

Marta
...sim pode, mas também tem muitas vezes uma melodia nostálgica
beijos

Carla disse...

MFC
...uma forma como outra qualquer das coisas começarem
beijos

Carla disse...

Anamorgana
...é caprichosa a nossa memória!
beijos

Carla disse...

Simples assim
amar o amor e não a pessoa em si!!! será isso possível?
beijos

Carla disse...

vero
sim triste...há momentos assim!
beijos

Carla disse...

mdsol
obrigada
beijos

Carla disse...

Fernanda
obrigada pelas tuas sempre simpáticas palavras.
Claro que vou ver o texto que escreveste para a foto do Nuno e tenho a certeza que vou adorar
beijos

Carla disse...

Em azul
...sim...faz-nos bem!
beijos

Carla disse...

Andreia
...não são assim tão profundos, apenas sentidos
beijos

Carla disse...

Chana
profundo sim
beijos

Carla disse...

Maripa
tens toda a razão ...o amor escreve-se com todas as letras
beijos

Carla disse...

José Neves
palavras com vida... ou simplesmente tristes palavras!
beijos

Carla disse...

Um quarentão
vou passar pelo blog para ler com mais atenção

Carla disse...

Celamar
...vida que pulsa...ainda é vida!
beijos

Carla disse...

Ana Martins
...o mérito é certamente das areias
beijos

Carla disse...

Esplanando
...os berlindes agradecem :)
beijos

Carla disse...

Dias
retribuo a vénia
beijos

Carla disse...

Val Du
tens toda a razão
beijos

Carla disse...

Chinha
uma conjugação por vezes inevitável
beijos

Carla disse...

Justine
...um rodopio de sentires
beijos

Carla disse...

Jorge Vicente
obrigada e tenho a certeza que vais gostar imenso das fotos do Nuno
beijos

Carla disse...

Nuno
...as pessoas especiais são exactamente isso especiais...por isso são para sempre
beijos e boa semana para ti

Carla disse...

Eduardo Aleixo
...história de vida(s)
beijos

Carla disse...

Osvaldo
e com tão belas palavras é sempre um gosto que sejas uma visita assídua nestes meus "Desalinhos"
beijos

Carla disse...

Francis
...as palavras têm magia, basta deixarmo-nos guiar por elas
beijos

Carla disse...

João da Silva
...aqui ficou o aroma a rosas. Obrigada
beijos

Carla disse...

Gilbamar
...alguns amores vestem a cor do verdadeiro amor
beijos

Carla disse...

poeta eu sou
...areias movediças...sim, podem ser!
beijos

Carla disse...

Pierrot
...as armas causam sempre dor
beijos

Carla disse...

Pin Gente
não é desilusão, amiga...apenas o constatar da realidade
beijos e obrigada pela visita ao blog do Nuno...gostei imenso do texto que escreveste lá
beijos

Carla disse...

Lmatta
obrigada
beijos

Carla disse...

Cadinho Rocco
regressa sempre
beijos

Carla disse...

Piedade
...por vezes sentimo-nos assim: tristes
beijos

Carla disse...

Collybry
obrigada pela beleza das tuas palavras e pela oferta do selo
beijos

Carla disse...

hfm
...pensando bem às vezes também o faço
beijos

Carla disse...

Rosa Dourada
há presenças que ficam
beijos

Carla disse...

C Valente
que bom
beijos

Carla disse...

Betty
um belo dorido...apenas isso
beijos

Carla disse...

Sol
...gosto de passar por lá
beijos

Carla disse...

Àguia Livre
obrigada...vou já visitar
beijos

Carla disse...

Menina do rio
...por vezes assim é
beijos

Carla disse...

Ecos
...quanta gentileza nas tuas palavras.Volta sempre
beijos

Carla disse...

Nuno Sousa
obrigada eu por me permitires passar para palavras o sentir que as tuas fotos proporcionam...o endereço é uma forma de dar a conhecer as tuas magníficas fotos
beijos

Carla disse...

ZM
...mesmo nos momentos tristes há lembranças boas que fica
beijos

Carla disse...

Águia Livre
obrigada
beijos

Carla disse...

Pedro barata
fico feliz por as palavras envolverem quem as lê
beijos

Carla disse...

Desnuda
...também a mim me diz muito
beijos

Carla disse...

Inez
...o pior é quando somos nós a magoar!
beijos

Carla disse...

Táxi Pluvioso
obrigada...boa semana
beijos

Carla disse...

Shakti
...memórias que podem vestir os mais diversos trajes
beijos

Carla disse...

Pearl
fico feliz por gostares de passar por aqui
beijos

Carla disse...

Fernanda
boa semana amiga
beijos

Carla disse...

Parapeito
obrigada pelas palavras e por passares por aqui

beijos

Carla disse...

Sei que existes
...assim são, por vezes os sentires
beijos

Carla disse...

Eduardo Serra Lopes
obrigada
beijos

Carla disse...

Cleo
obrigada pela tua simpatia
vou já colher o selo
beijos

Carla disse...

Um momento
...as armas também podem ser defensivas...não apenas para atacar.
Mas tens razão é doloroso
beijos

Carla disse...

Fernanda
amiga obrigada pela tua sempre amável presença. Desejo-te uma boa semana
beijos

Carla disse...

Vanessa
obrigada por passares por aqui, tenho a certeza que vais gostar do blog do Nuno
beijos

Carla disse...

Luz de lua
não esqueço certamente e espero que regresses rápido...e que eu esteja com disposição para festa nessa altura
beijos

Carla disse...

Filoxera
...diferente...como os momentos que a vida nos proporciona
beijos

Carla disse...

Liz
e eu fico feliz com a tua visita..se puderes passa pelo blog do Nuno vais gostar de certeza, até porque sei que gostas de fotografia´
beijos

Carla disse...

Fotógrafa
muito frio mesmo...e amigas é sempre bom ter-se
beijos

Carla disse...

Klatuu
parece que vai bem frio!
beijos

Carla disse...

São
anda cansada a inspiração
beijos e boa semana

Carla disse...

Renata
Obrigada e claro que vou ler
beijos

Carla disse...

Fernando Rozano
que seria de nós...sem a vida!
beijos

Carla disse...

Poeta Mauro Rocha
o problema é quando somos nós que tiramos...e não a vida
beijos

Carla disse...

L.Reis
e a mim: obrigada
beijos

Carla disse...

Fernanda
e eu desejo-te um dia pleno de coisas boas
beijos

Carla disse...

Arte of Love
...são frágeis os castelos de areia, mas deixam em nós uma brisa especial
beijos

Carla disse...

F@
o que interessa é a presença...volta sempre
beijos

Carla disse...

Novo Mundo
ainda bem...obrigada e boa semana
beijos

Carla disse...

Garça real
...tristeza salpicada...
beijos

«O mais antigo ‹Mais antiga   1 – 200 de 229   Mais recente› Mais recente»