terça-feira, 11 de março de 2008

Marcas de desejo


Pelo retrovisor apenas se viam os saltos altos, bem altos, pintados de negro e prata…e o princípio de umas pernas morenas, esguias e convidativas.
O olhar prendeu-se nesse quadro que se movia deixando marcas de desejo no passeio esburacado, que conduzia à areia ardente, preguiçosamente estendida até ao mar. Um aroma a Primavera misturado com uma brisa quente de noite de Verão inundou os sentidos despertando as garras da conquista.
Suores frios inundavam o corpo deixando a roupa bem colada à pele, aguçavam o apetite lembrando morangos silvestres a escorrerem prazer entre os lábios de vermelho rubro.
Parou a noite no seu início, embalou a música ao ritmo da paixão, olhar perdido em jeito de cobiça capturou um leve tremor na camisa transparente onde os seios entumecidos e rígidos se erguiam a um ritmo alucinante.
Aceleraram os passos em ritmo de perseguição, mãos estendidas para capturar aquele breve momento, em forma de corpo de mulher sedutora.
Ao toque suave no ombro rectilíneo a resposta chegou numa carícia indelével. Passos em sintonia num trilho percorrido a dois.
Um recanto oculto construído na grandeza das dunas. Cama de areia dourada, onde as promessas ganham forma de desejo realizado. Segredos escondidos na comunicação de dois corpos desconhecidos.
A provocação atingiu o alvo.
Entreabriu os olhos, polvilhou, levemente, o seu peito, sentindo-o a arfar incessantemente. Espasmos longos percorriam-no enquanto desenhava uma estrada de areia que a conduzia ao seu sexo. Sentiu-o palpitar entre a maciez dos seus dedos e os ásperos grãos com que o adornou. Gemidos roucos abafaram a melodia das ondas a banhar os pés descalços, ampliados dentro da sua boca num convite expresso.
Rolaram os corpos, abandonaram a terra e refrescaram no mar esse entusiasmo louco e sem fronteiras que os tinha conquistado.
Era rasgado o sorriso que se desenhou na face que levantou para sacudir os longos e húmidos cabelos que a cobriam.

E viu-o!
Sem convite, sem pudor, sem jogos… apenas um homem. Perdido na noite em desconcertante invasão.
Sabia-o longe, mas recomeçou nele a sua investida, saboreando as faíscas de paixão que se soltavam desses outros olhos vagabundos. Cobiçou o fogo que se acendia a escassos metros e cujas chamas devoravam o seu querer. Imprevisível este chegada, impossível de conter este brilho felino que atravessava a noite e dançava só para ela, bem dentro de si.
Fez-se abstracto este querer, navegou para oceanos longínquos.
Deitada na frescura que se aproximava tornou-se sombra da noite, enquanto do outro lado dos sentidos, emoções-fantasma vagueavam num espaço de rendição.

Cansada, avançou por entre as rochas que conquistaram a praia, apagando vestígios que a tornassem presente ou palpável e seguiu saciada de um desejo sem nome!

106 comentários:

gaivota disse...

e que marcas, amiga!
lindíssimo texto, para ler e reler, e tentar não finalizar...
com o mar, a areia, as ondas, o cheiro, o som único que se saca desse ambiente, só podem deixar marcas inesquecíveis
(umas boas, outras nem tantas...)
beijinos

wind disse...

Muito vibrante, escaldante e sensual esta escrita:)
Claro que os sentimeentos e as emoções estão sempre bem patentes como já é hábito:)
Beijos

Carla disse...

gaivota
foram essas as marcas que eu senti quando reli o texto depois de o escrever...obrigada por o teres entendido
beijos

Carla disse...

wind
vibrante...acho que era mesmo isso que queria deste conto
beijos e obrigada pela visita

Rocket disse...

É isso o Verão, algo mágico que acontece e que poucas vezes permanece...
Felizmente mantemos boa memória daquilo que o mar apagou...
Isso ninguém nos tira...

Descreveste bem essa maravilha. Muito Bom.

Bjs

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Carla,muito sensual, escaldante,com muitas emoções,muito vibrante...Belo texto.
beijos

Maria P. disse...

Dunas, lugar de segredos...

Beijos*

Carla disse...

Rocket
são esses momentos que sabe bem lembrar
bjs

Carla disse...

Chana
a lembrar o calor do verão
obrigada

Carla disse...

Maria P.
...segredos com sabor a maresia
beijinhos

dragonfly disse...

Não me canso de te ler... a tua escrita desperta em mim coisas q não sei explicar... mas coisas boas posso-te assegurar.. q deixam marcas inconfundíveis...

Carla disse...

dragonfly
fico feliz, obrigada
beijinhos

rui disse...

Olá Carla

"...saciada de um desejo sem nome!"
Lindo!

Beijinhos

Carla disse...

rui
há desejos que o são, simplesmente, não precisam de ter nomes
obrigada

São disse...

Um texto bem escrito e uma fotografia lindíssima: parabéns!
Felicidades.

Carla disse...

São
obrigada pelo teu olhar

Eduardo P.L. disse...

Lindo e sensualissimo texto!

Obrigado por ter nos dado esse prazer!

Bjs

Carla disse...

Eduardo P.L.
o prazer foi todo meu

O Profeta disse...

Fantástico texto com uma elegante sensualidade...


Doce beijo

Carla disse...

o profeta
gosto da elegância na sensualidade, torna-a mais sedutora
obrigada
bjs

poetaeusou . . . disse...

*
grandeza das dunas,
,
acabo de as pisar,
fotando o meu mar,
o mar dos desejos,
saciados, em mim,
,
conchinhas,
,
*

Xisko the kid disse...

caramba, até me faltou o ar...
Intenso.

Luis F disse...

Vim retribuir e agradecer a visita ao meu Mar de Sonhos e quero dizer-te que adorei ler este teu texto.

Muito vibrante, lindo e sensual.

Parabens

SILÊNCIO CULPADO disse...

Paixão que se sacia junto a um mar tão sensual quanto a entrega, tão revolto quanto as emoções.
Bjs

Bloguemate disse...

Que vontade fiquei de deambular na praia e sentir "...uma brisa quente de noite de Verão". ;)beijinhos

Mario Rodrigues disse...

Texto lindo, amiguinha. Suficientemente sensual, para mexer nos sentidos. Adorei.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

multiolhares disse...

Texto sensual com toque erótico
Onde os sentidos entram ao rubro

Beijinhos
luna

osátiro disse...

Conto bem bonito a fazer correr a imaginação.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Carla, lindo texto... Adorei!!!
Beijinho de carinho.
Fernandinha

cassamia disse...

os saltos altos do noivo trouxeram-me aos teus saltos altos :)
voltarei.

OUTONO disse...

O mar...sempre me seduziu. Sou peixe...!
Vamos por partes. Prometi visitar este domínio. Fascinante arquitectura.
Prometi ler e saborear estas palavras em desalinho. Fiquei..."desalinhado", porque ansiava por um texto assim.
Soube-me bem, esta frescura de momentos...aqui partilhados.É quase praticar leitura em apneia...tal é a sede de chegar.
Por último, reconheço o mérito, nunca tinha visto dezenas de comentários...VOLTAREI!

elprincipito disse...

The Truth is Out There.

Luis Eme disse...

é tanta coisa acabada em al... este teu conto quente, Carla...

mas também é salgado, molhado, mexido... e quase secreto...

beijos

Meg disse...

Texto não recomendado a cardíacos!
Carla, é um belo texto, e mais não digo...uf!!!
Desculpa a brincadeira.
Um abraço

Carla disse...

poetaeusou
desejos saciados...perfeito
desalinhos

Carla disse...

bloguemate
mais do que uma brisa...é uma carícia
beijos desalinhados

Carla disse...

Luna
é bom sentir os sentidos em pleno...
beijos desalinhados

Carla disse...

Fernada & Poemas
obrigada, ainda bem que gostaste
beijinhos

Gonçalo T. Almeida disse...

Vejo aqui um deja-vu de há uns anos atrás... Onde eles já vão...

Carla disse...

Outono
transformo a parte num todo e agradeço-te pelas tuas palavras e pela visita...e que as palavras saciem a sede
beijos em desalinho

Carla disse...

xisko
às vezes é bom ficarmos sem ar!
beijinhos desalinhados

Carla disse...

Luís F
Obrigada e, de facto, o mar é quase sempre um sonho

Carla disse...

silêncio culpado
paixão e mar...é quase sempre uma mistura explosiva
beijinhos desalinhados

Carla disse...

Mário Rodrigues
é importante mexer com os sentidos, faz-nos sentir vivos
beijos desalinhados

Carla disse...

osátiro
que a imaginação nunca seja cerceada e se alimente dos nossos desejos
beijinhos e obrigada pela visita

Carla disse...

cassamia
obrigada pela visita aos meus "saltos altos"
volta sempre
beijinhos desalinhados

Carla disse...

Luís Eme
obrigada pels adjectivos...quase secretos
beijos desalinhados

Carla disse...

Meg adorei a brincadeira
obrigada
beijos em desalinho

Carla disse...

Gonçalo T. Almeida
os dejá-vu mais do que lembrados devem ser vividos, sempre que valeram a pena...e somos nós que comandamos os anos
desalinhos

disse...

Recordar,ao te ler... é viver...Sonhos de verão...

Maravilha de conto...beijos

disse...

Recordar,ao te ler... é viver...Sonhos de verão...

Maravilha de conto...beijos

Spectrum disse...

Adoro o toque levemente erótico que por aqui passa, num texto brilhante e muitissimo bem escrito.
Um beijo

Carla disse...

Vi
...emoções de verão
beijos em desalinho

Carla disse...

Spectrum
obrigada
beijos em desalinho

lalisca.cs-life disse...

Quero ser Ela ... lindo!!
beijinhos!!

Carla disse...

Lalisca
...sorrisos...
obrigada
beijinhos desalinhados

KNOPPIX disse...

As tuas palavras são verdadeiros quadros pintalgados de emoções, desejos, viagens à fronteira dos sentidos.
Um texto muito bonito, sem dúvida.
Beijinhos

Carla disse...

Knoppix
gostei dessa tua imagem de "viagens à fronteira dos sentidos", coloca-nos as emoções à flor da pele
beijos em desalinho

anad disse...

Que belo texto, vejo que estás atenta ao mundo que te rodeia, pois revelas nas palavras emoções de quem está verdadeiramente na plenitude de Eros.
Anad

Rafeiro Perfumado disse...

Paixão à beira-mar... um sentimento tão bom num cenário fabuloso, quase demasiado bom para não ser sonhado!

M@ri@ disse...

Ufa...
Fiquei sem folego,ao ler esta sensualidade.
Lindo,divino.
Deixo te um beijo doce
M@ri@

Carla disse...

anad
assim espero, para que a vida tenha um sabor mais doce e intenso
beijos desalinhados

Carla disse...

rafeiro perfumado
que o calor da areia te transporte até ao mundo dos sonhos
beijos em desalinho

Carla disse...

M@ri@
obrigada
beijinhos desalinhados

Å®t Øf £övë disse...

Carla,
Acho que todos nós no nosso intimo desejamos saciar os nossos desejos mais secretos, não deixando vestígios. Para uns é um sonho, para outros uma ilusão, para uma minoria uma realidade.
Bjs.

Liz / Falando de tudo! disse...

Nossa apesar de parecer casual em principio, a historia deixa aquela impressao de quero mais...foi bom de mais, me marcou!!
Gostei de ter voltado aqui de novo!
Agora tô divulgando mais um cantinho cantinho que resolvi fazer so com fotos. Deixo o convite, se quiser apareça por la:
www.falandodefotos.blogspot.com
Um Abraço!

Cláudia Pinho disse...

este texto é inadequado para a minha idade xD


não tenho assim tanta amargura. aquilo que escrevo não é completamente o que sinto. começo a escrever a partir do que sinto e depois exagero, ou invento.

Nilson Barcelli disse...

Bem sensual a tua escrita.
Dominas muito bem este género literário.

Bom resto de semana.
Beijinhos.

herético disse...

calienteeeeeee! uffff...

Kok disse...

Sem tomar um (eu) pelo todo (nós) reconheço que o mar/a água exerce um fascínio e um apelo sobre nós, humanos.
É bela uma paisagem marítima, tal como é belo um rio e as suas margens, assim como é bela uma cascata que nos aparece por entre verdes vários.
Este teu texto, também ele belo, não foge à regra. Certamente que não perderia se fosse relatado num deserto (também ele um mar de areia), ou numa mata que fosse um mar de muitos verdes!
Mas "sinto" que tem mais força no mar, mar!
Beijossss!!!

Moonlight disse...

Por um momento todo o desejo comandou o sonho.

Beijo

xistosa disse...

... depois acorda-se do sonho que pode ser real e a areia já foi roçagada pelo mar ...
Tudo volta ao princípio.
Belíssimo poema em prosa!

lfm disse...

Não conhecia, mas vou passar a ser cliente
Gostei muito

Luís Maia

Olhos de mel disse...

Nossa linda! Que maravilha, viu? Intenso...
Boa semana, cheia de vida como o texto!
Beijos

NAELA disse...

Carla adorei o teu blog, sente-se a essencia dos teus textos, ler-te é navegar num Oceano de palavras!
Beijos

Carla disse...

Art of Love
os desejos secretos têm uma sabor especial de mistério, talvez por isso...
beijos

Carla disse...

Liz
apareço certamente
e ainda bem que a sensação foi essa
beijos desalinhados

Carla disse...

Claudia
...um pouco forte para ti :D, será mesmo?
beijinhos

Carla disse...

Nilson
não sei se eram ventos de mel, mas ainda bem que gostaste
beijos em desalinho

Carla disse...

herético
o calor tem mesmo outra magia
beijos em desalinho

Carla disse...

xistosa
e que esse princípio nos conduza a outros sonhos, de igual sabor
obrigada pelos suas palavras

Carla disse...

lfm
sinta-se à vontade
regresse sempre

Carla disse...

Kok
sim, o mar tem muito mais força...mas o deserto, ai o deserto!
beijos em desalinho

Carla disse...

Moonlight
...é sempre um bom comando
beijinhos

Carla disse...

olhos de mel
bom resto de semana
beijinhos

Carla disse...

naela
esse é um oceano de que eu gosto especialmente
beijinhos

Anónimo disse...

Sentimentos e desejos que se entrelaçam num momento de desejo sem nome e sem consequências...Apenas o grito solto do prazer, do amor à vida e à liberdade de amar. Escrita sensitiva, atrevida e despida de vergonhas ou preconceitos. Bom tema e óptima sensação que transmitiu. Continua a tua escrita erótica e apaixonada.
Anago

Carla disse...

Anago
de vez em quando vai aparecer por aqui um ou outro grito com esta intensidade.
Obrigada pela força das tuas palavras.

GarçaReal disse...

Um conto vibrante e cheio de sensualidade.

As marcas que ficam tendo por fundo o amr, a areia as rochas.

Belo

Bjgrande do Lago

Carla disse...

garça real
são marcas profundas e extremamente agradáveis
beijos em desalinho

A.ses.i.oM disse...

Impressionante!...
... Este Bolg 'Marcou-me'..
'Desejo cá voltar'!...

Um Abraço!... :)

Fatyly disse...

já muito disseram mas para mim, além de muito bem escrito, sensual, vibrante, escaldante etc. é conseguires dar forma às palavras que aplicas, transportando o leitor a paragens de lugares de sonhos e magia, cheios de vida, mas que há muitos anos estavam arquivados nas gavetinhas que todos temos e que a qualquer momento poderá ser aberta, acariciada e com carinho tirar o pó como se fosse uma jóia rara.

As dunas, areia e mar "pegadas" da maior sedução da natureza que fazem bailar as "Marcas de Desejo" em qualquer ser humano.

Adorei!!!

Beijocas

© Piedade Araújo Sol disse...

Um texto muito sensual e erotico.

BEij

marta disse...

Gostei muito, gostei tanto.
mas o que mais me comove é a inspiração para descrever tão completamente um tal encontro.

Ah! as fantasias das Mulheres, e o que elas têm para contar.
Só mesmo uma grande MULHER.

Beijinho, completamente encantada Carla

Rey disse...

Belíssimo conto Carla. Gostei muito.
^^
Ando meio sumido sim, mas por causa das aulas. Mas virei sempre que puder para ler especialmente seu Blog.
Bjs

Meg disse...

Carla,

Em dia de aniversário, HOJE tenho uma surpresa para os amigos.
Espero por ti.
Um abraço

Carla disse...

A.ses.i.oM
que tenham sido "marcas" positivas...
volta sempre

Carla disse...

Piedade
momentos que todos temos guardados em nós
beijinhos

Carla disse...

Marta
fantasias, desejos e memórias...obrigada
beijinhos enormes amiga

Carla disse...

Rey
volta sempre que quiseres
boa sorte
bjs

Carla disse...

Fatyly
mais uma vez as tuas palavras chegam ao âmago daquilo que eu quis dizer...e sim são desejos "arquivados nas gavetinhas que todos temos e que a qualquer momento poderá ser aberta, acariciada e com carinho tirar o pó como se fosse uma jóia rara".
e que essa jóia seja sempre parte de nós.
beijos preciosos

Carla disse...

Meg
primeiro que tudo PARABÉNS, depois obrigada pela surpresa...hummmm vou já lá
beijinhos e felicidades

disse...

Carla que prazer vir aqui...vou repetir o que me disse uma amiga...
"Se perder no encanto das tuas palavras"...em poemas ou textos nascestes para isto..Que bom..
beijos e ótimo fim de semana...

Carla disse...

Vi
obrigada e que este seja um encanto que nunca se perca
beijos em desalinhos e bom fim de semana

marta disse...

Minha querida

Fantasias, são sempre desejos e memórias....

Carla disse...

Marta
pois são mas os desejos também se alimentam de fantasias
uiiii
beijinhos