terça-feira, 4 de março de 2008

A voz do silêncio


No infinito dos pensamentos
Que não comando.
Na estrada da razão
Que não controlo.
No querer enganado
Que não vislumbro.
No EU que se esconde
Da miragem que transparece.
Na vida que palpita
Oprimida pela voz rouca.
Na emoção que alimento
De sonhos por moldar.
No espelho deste lago
Em que navego solitária.
Busco a margem longínqua
Que me inunda de silêncio!

109 comentários:

Spectrum disse...

náufraga de margens..
muito belo, Carla
Beijo

Carla disse...

Spectrum
sinto-me muitas vezes assim, mas nem sempre isso é negativo
beijo

notyet disse...

Em silêncio nunca estarás só...

Carla disse...

notyet
concordo plenamente contigo

Amaral disse...

Das palavras aos versos, dos versos ao poema que comove e enche.
O silêncio é voz do íntimo, do profundo, do mais eterno do ser.
No espelho do teu lago, vemos o reflexo que comanda o teu Eu que palpita na vida.
Se o poema cantasse por si, entoaria os acordes da alegria de viver!...

wind disse...

Estás "perdida" em emoções:)
Beijos

Fatyly disse...

Lindissimoooooooo!!!! e por reposta:


No infinito dos pensamentos
"sempre tão pessoais"
Que não comando.
"Corro e páro aos ais"
Na estrada da razão
"em que nada é em vão"
Que não controlo.
"Estendo a minha mão"
No querer enganado
"de tão embrulhado"
Que não vislumbro.
"revejo outra imagem"
No EU que se esconde
"aporto sem bagagem"
Da miragem que transparece.
"Mas estou presente"
Na vida que palpita
"e é nessa mesma margem"
Oprimida pela voz rouca.
"que grito em silêncio"
Na emoção que alimento
"sem lamento"
De sonhos por moldar.
"mas sem desesperar".
No espelho deste lago
"desenho um grande sorriso"
Em que navego solitária.
"procuro o melhor abrigo"
Busco a margem longínqua
"aquela mais tranquila"
Que me inunda de silêncio!
"e de vida incessante e diária"!

ADOREI!!!!!

Beijocas

ines disse...

podes e deves,

mesmo neste teu silêncio!

Nuno de Sousa disse...

Obrigado Carla pelas tua belas palavras, é por isso que gosto de fazer o que faço, me dá mto prazer, mesmo q sendo um hobby.
Um bem haja para ti e continuas com um site maravilhoso, pelas palavras se juntam a belas fotos.
Bjocas grandes,
Nuno

alguém por aí... disse...

o silêncio "no fado que nos veste a alma"!

obrigada pela visita e comentário!

Carla disse...

Amaral
há alegria no silêncio, aquela alegria que conseguimos encontrar dentro de nós

Carla disse...

wind
sabes que às vezes gosto de andar "perdida", evito mesmo encontrar-me com a realidade

Carla disse...

inês
faz-se de silêncios a minha voz

Carla disse...

Nuno de Sousa
as tuas imagens além de belas transmitem mensagens fabulosas...é sempre refrescante passar pelo teu cantinho

Carla disse...

Fatyly
e que dizer da tua resposta!!!
deixou-me inundada de emoções profundas...obrigada por estas palavras que só tu sabes dizer
beijinhos imensos

Carla disse...

alguém por aí
saber contrariar o cinzento do fado também é importante, mesmo que seja com o silêncio

Fernando Santos (Chana) disse...

Cara amiga, belo poema...Bela fotografia muito bem enquadrada com o poema...Exelente.
Beijos

Carla disse...

Chana
é sempre bom receber as suas palavras e o seu olhar que se distribui entre a imagem e as palavras.
Obrigada

Huckleberry Friend disse...

De uma margem a outra, o silêncio... que ruídos deixámos para trás? Que outros nos esperam? Belo poema!

Carla disse...

Huckleberry Friend
às vezes espera-nos uma parte de nós!

Olhos de Mel disse...

Oie minha amiga linda! Que doce post! Triste, mas de um carinho e ternura enormes! Nunca perca seus sonhos... assim construímos o futuro.
Beijos

Carla disse...

Olhos de mel
tenho um cantinho secreto onde guardo todos os meus sonhos, afinal quem consegue viver sem eles?

SILÊNCIO CULPADO disse...

Carla
É lindo o teu poema. Espero que no silêncio que buscas, na margem longínqua, haja espaço para os sons do tempo, para que o silêncio não fique denso mas apenas liberto dos ruídos.
bjs

Carla disse...

silêncio culpado
é desse silêncio que eu gosto, aquele que se encontra livre dos ruídos que nos impedem de descobrirmos a nossa verdade e aquilo que os outros têm para nos oferecer
bjs

Gonçalo T. Almeida disse...

Carla, excelente fotografia! Transmite uma calma brutal (se é que a calma pode ser brutal)

Carla disse...

Gonçalo
acho que a calma pode ser brutal, pela força com que se nos impõe.

Quando o Fogo e o Gelo se encontram disse...

mundo em nós de muitas emoçoes

Carla disse...

Quando o fogo...
um mundo sem emoções perde a razão de existir

hfm disse...

De imagem em imagem na linha da poésis.

Carla disse...

hfm
também gosto da poesia das imagens

xistosa disse...

Não comandamos os pensamentos, nem amansamos os sonhos ... mas mantemo-nos à tona, para alcançar a margem ... não a miragem !
Belo momento.

Carla disse...

Xistosa
obrigada, alcançar a margem é sempre um objectivo prioritário

Xisko the kid disse...

que grande mar de emoções...de procura...

Carla disse...

Xisko
o mar é fonte de emoções...sem fim!

GarçaReal disse...

O nosso "eu" navega empre pelas águas de um Lago.
Quremos encontrar a vida , o caminho para o amor? para a liberdade?

Não interessa queremos tão sòmente um caminho...

Gostei muito

bjgrande do Lago

pin gente disse...

nada direi e fecharei os olhos para que não oiça palavra alguma
até as águas vão parar para cumprir o meu voto de silêncio
o barco onde me perco à deriva não encontrará ilha nenhuma
assim eu ficarei parada no presente sem antever prenúncio

poetaeusou . . . disse...

*
metamorfoseando
,
encontrei o infinito
na busca do meu controlo
das moldadas realidades
do meu libertado EU
navego na companhia
da certeza que alimento
desta ponte que nos une
comandando o pensamento
,
adorei o teu poema
,
conchinhas de amizade
,
*

Pena disse...

Linda Amiga:
No infinito dos seus pensamentos existe doçura e um silêncio maravilhoso. Deslumbrante.
Fala com o silêncio com palavras sentidas e de imensa beleza. Trata-o por tu. Conquistou-o completamente, creia.
Navega e inunda-se de silêncio profundo na ilusão terna da solidão linda. Magistral.
Gostei muito de ler, digo-o com sinceridade e seriedade. Vivo delas.
As suas palavras são muito ternas e belas.
Beijinhos de muita amizade que estima e respeita

pena

Maria P. disse...

por vezes basta(me) o silêncio, e é tanto...

Beijo.

Å®t Øf £övë disse...

Carla,
A voz do silêncio muitas vezes traz-nos mais ensinamentos que as palavras. Deve ser por isso que eu tanto gosto de silêncios.
Bjs.

ivone disse...

não comandas?
não controlas?
não vislumbras?


mas tu estás um "caos"
cuidado...

Cleopatra disse...

Eu gosto de ouvir a voz do silêncio Carla...trás-nos a paz de espírito necessária para conseguirmos por vezes ultrapassar os obstáculos que a vida nos põe no caminho!E digo-te...quem conseguir ouvir a voz do silêncio...é meio caminho andado...
Mais um poema lindíssimo aqui nos teus desalinhos!
Beijinho grande
Cleo

Kraak disse...

Carla, leste os meus pensamentos? Tens bola de cristal? Como foi possível resumires tudo isto? Assim! :)

"Na vida que palpita
Oprimida pela voz rouca."

Perdido numa presença sem palavras, como se falasse por gestos ou escrevesse símbolos em vez de letras.

Olha, vou tentar ouvir o vento que lá fora sopra, já que não o consigo fotografar.

Bjzz silenciosos

xistosa disse...

Dificilmente verifico os comentários, porque não "pesco" nada desta vida ...
"Contratei" um "expert", porque disse-me que os comentários, antes de aparecerem no blog, podem ser recebidos num e-mail.
Para mim é igual ...
Não faço censura e se me insultarem, tanto faz por e-mail, como pelos comentários do blogue.
Só espero não conseguir descobrir o insultuoso.
Mas isso são outras poesias.

Como tenho a TV, mesmo ao lado do estirador, onde estou no portátil e a minha mulher, (reformada do oficial, mas ainda num Colégio do Porto - vai morrer a dar aulas!), ouve tudo o que se relaciona com o professorado.
Ouvi um "fedelho", chamar, cara na cara, à ministra da educação mentirosa.
Se eu fosse o moderador ... mas a Fátima Campos, quer ... é sopas e descanço, (há mais de 20 anos que a conheço pessoalmente), dever-lhe-ia ter chamado a atenção que ainda há um mínimo de dignidade no tratamento de superiores hierárquicos e dirigentes políticos.
Desde que sejamos igualmente tratados.
Ora a ministra não levantou a voz para ninguém e o "professor" da dita escola, salvo erro Ribeirão, disse, alto e bom tom, certamente a verdade !!!

Eu que estou fora do ensino, (nem estômago teria para aceitar determinadas situações), CONCORDO PLENAMENTE COM AS REFORMAS QUE ESTÁ A TOMAR.
Assim, como as da Saúde e noutros sectores.
Alguém teria que tomar estas decisões.
Fácil é criticar.
Só que os horários dos professores, eram de 22 horas, ou menos, conforme a idade ou o Escalão.
Se passaram para 35 horas, TÊM QUE SER PAGOS !!!
Além disso têm que criar condições para permanecerem nas Escolas, não é nos corredores ou secretaria, como sucede em muitos locais.
Aqui é que se debatem, acho eu, as ideias e os ideais.
Quanto ás classificações, ou lá como se chamam as subidas na carreira, nem todos podem ser "chefes", 1ºs ministros e presidentes da república.
Penso que têm que estudar um método qualquer.
Por exemplo, cada Escola possuir um Quadro mínimo de professores/função do nº de alunos e uma percentagem de professores em cada escalão, se é que ainda existem. Não sei.
O que sei é que o trabalho extra tem que ser pago e os professores têm que ter tempo para preparar aulas, fazer fichas, testes e sei lá que mais.
Passo a maioria dos fins de semana em casa, apesar da minha mulher só ter uma turma do 12º ano de Química. E sou eu que lhe "bato" os teste e quejandos no computador ... eu que sempre detestei química.

A situação não é fácil de resolver ... mas a corda tanto estica que vai rebentar ... não sei quem cairá.
Mas a ministra não será certamente.
Veja-se o que dizem os "corta-na-casaca" do PSD.
Dão uma no cravo e outra na ferradura, mas a Dama de Ferro, quer dizer, Manuela Ferreira Leite, ouvi-a dizer que a ministra está no caminho certo.
Será verdade ???
Daqui a 30 anos, quando estiver a fazer tijolo, pode ser que ainda consiga ouvir os ecos dum novo 25 de ABril de 2038 !!!

marta disse...

Olá Carla


Acho que todos navegamos sozinhos, mesmo que acompanhados, (não estou a falar de solidão), estou a falar de caminhos percorridos, e o nosso é sempre solitário, ninguém o pode percorrer a não ser o próprio

Beijinho

Carla disse...

Garça real
encontrar o nosso caminho nem sempre é fácil, mas é fundamental apostarmos nessa busca
beijos desalinhados

Carla disse...

pin gente
fiquemo-nos pela força do silêncio
beijos silenciosos

Carla disse...

poetaeusou

o silêncio ajuda-nos a libertar o nosso EU
beijos em liberdade

Carla disse...

Pena
não é fácil conquistar o silêncio, há sempre ruídos que o abafam...mas gosto muito quando o consigo fazer
beijos de amizade

Carla disse...

Maria P
Quantas vezes o procuro e ele se mostra fugidio...mas é tão cheio de plenitude quando nos inunda.
beijos das tuas janelas

Carla disse...

Art of love
e como são úteis esses ensinamentos...partilho do teu gostos
beijos sem palavras

Carla disse...

Ivone
às vezes sabe bem deixarmo-nos embalar pela corrente...outras vezes apetece-nos revoltar-nos e lutar contra elas
beijos caóticos

Carla disse...

Cleo
o silêncio ajuda-me de tantas maneiras que é quase um amigo!
Beijos sem obstáculos

Carla disse...

Kraak
bola de cristal não tenho, fico-me pelos sentimentos e por conseguir, algumas vezes, torná-los palavras (minhas)...e sabes que muitas vezes escrevo com gestos (esta é difícil de explicar!)
a mim o vento leva-me quase sempre até ao silêncio, principalmente aquele vento quente de final de tarde à beira mar
beijos com um suave vendaval

Carla disse...

xistosa
espero que esse novo 25 de Abril chegue um pouco antes, pelo menos para que a esperança não morra pelo caminho que as novas gerações têm que trilhar!!!
obrigada pelo teu texto, não sabia que também era da Invicta!

Carla disse...

Marta
trilhamos sempre um caminho solitário, acho mesmo que só assim é que nos conseguimos encontrar, isso não quer dizer que não partilhemos factos e descobertas...
eu preciso sempre de solidão, antes da partilha
beijos partilhados

Paula Raposo disse...

Como eu gostaria de poder fazer minhas estas tuas magníficas palavras, de encontro ao que eu sinto...muitos beijos.

Carla disse...

Paula Raposo
partilho-as contigo e fico feliz por as teres entendido
beijos com palavras partilhadas

© Piedade Araújo Sol disse...

um belo poema de onde se podem tirar muitas ilaçoes.

gostei da dualidade do mesmo, das diferentes mensagens escondidas.

beij

Rocket disse...

Obrigado.

Rocket disse...

descreves a na perfeição os meus namoros com a água, o silêncio e a outras margens...

Carla disse...

Piedade
há de facto várias mensagens nestas plavras

Carla disse...

Rocket
são também os meus namoros, daí a facilidade

Ecos... disse...

Em cada verso... um grito silenciado.

Belíssimo poema, querida poetisa!

Beijo!

rui disse...

Carla!

Que coisa mais linda!
É um lindo turbilhão de sentires!
Adorei.

Fica bem
Beijinho

Carla disse...

Ecos
...e sabes a força que têm os gritos silenciosos!

Carla disse...

Rui
os sentires calmos muitas vezes adormecem-nos, não nos despertam!
beijos em turbilhão

disse...

Carla vim retribuir sua visita e palavras e depareime com estas tão lindas. ...Sem palavras...quisera saber escrever assim....Adorei também as insignificâncias...uma delicia ..de repente um pouco, já te conheço...Ando encantada com vcs Portugueses,muitos já são os meus queridos "amigos" desta sua terra deslumbrante...
um grande beijo.

Carla disse...

Vi
ainda bem que gostaste...e todos sabemos escrever, temos é formas diferentes de o fazer, mas são todas belas
beijos lusófonos

joao disse...

Que poeminha tão bonito :)



beijo

Carla disse...

João
fico feliz por ter gostado

Acordomar disse...

Ola Carla
obrigada pela tua visita
gostei de te ler :)

Beijinho*

Carla disse...

acordomar
ainda bem que gostaste

Nilson Barcelli disse...

Todo o poema é excelente.
Mas o final é soberbo.
Muito bem, estás a escrever cada vez melhor.

Bom resto de semana, beijinhos.

Carla disse...

Nilson
também gosto do final
beijos com poesia

Julio Cesar disse...

"No infinito dos pensamentos
Que não comando.
Na estrada da razão
Que não controlo."

Nunca 1 verdade,foi tão bem dita.
Continuo a gostar de passar por aqui.;-)
Beijinho Carla
JC

Carla disse...

Júlio César
e eu continuo a gostar de te ter por aqui
beijinhos à imperador

Pepe Luigi disse...

Belíssimo poema transparecendo anseio e angústia.

Um beijinho

Oliver Pickwick disse...

Navegar solitária, buscando a margem longínqua é a luz no fim do tunel, um prenúncio de tempos de novo começo.
Beijos, e dias felizes!

Rafeiro Perfumado disse...

Então é o momento de dar uma pedrada nesse lago! A malta quer é agitação!

x disse...

muito bonito, bem como a restante escrita do blog.

sonhos por moldar...podem abrir um mundo de novas vivências.

Hoje por curiosidade escrevi um post com silêncio no nome:)

Pena disse...

Olá...
Foi aqui que encomendaram?

|““““““““““““““““““““““““||_
|...............*AMOR*...........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*CARINHO*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*ALEGRIA*.........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*AMIZADE*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|........*FELICIDADE*.......|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)

Entrega feita!
Participa na campanha FAZ UM AMIGO FELIZ!!!
Manda esta encomenda p/ todos os teus amigos.
Espero estar incluído nessa lista........
Vou fazer outra entrega ...fuiiiiiiiiiiii

Um abraço

By myself disse...

Não é a primeira que aqui venho e confirmo: é mesmo um blog bonito e suave de ler. Volto com toda a certeza.
Beijo

KNOPPIX disse...

Por vezes os silêncios são necessários, pausas para pensar, pausas para encontrarmos o nosso verdadeiro, eu, em que náufragos de palavras, procuramos descobrir dentro de nós as respostas para algo que se perde em labirinticos pensamentos...
No silêncio, partimos à descoberta do nosso verdadeiro "eu"... No rio da vida, as margens nem sempre estão perto, a segurança que elas nos transmitem às vezes surge a espaços e o silêncio da nossa reflexão aponta-nos o caminho até elas.
Beijinhos e tem uma boa 5ª feira

Carla disse...

Rafeiro
então venham as ondas

Carla disse...

Pena entrega recebida com todo o carinho
beijinhos

Carla disse...

pepe luigi
mais anseio que angústia
beijos

Carla disse...

Oliver
acho que definiste bem...ver a luz ao fundo do túnel, apesar das trevas
um bom dia para ti

Carla disse...

X
o silêncio é, muitas vezes, o ponto de encontro
beijos

Carla disse...

by myself
volta sempre
beijos com suavidade

Carla disse...

Knoppix
mesmo sem estarem perto é importante encontrarmos as nossas margens, nem que seja para voltarmos a navegar
beijos das margens

impulsos disse...

Magnífico poema este!

Por vezes
É tão fácil
Pronunciar
E trocar
Palavras...
Mas
É tão difícil
Entender
E interpretar
O silêncio...

Beijo

Meg disse...

...Na vida que palpita
Oprimida pela voz rouca.
Carla,

"Na emoção que alimento
De sonhos por moldar...
...
Busco a margem longínqua
Que me inunda de silêncio!"

Palavras tão verdadeiras no meu hoje de muitos dias. Dias que procuro esquecer.

Um abraço

Carla disse...

impulsos
de facto não é fácil interpretar o silêncio, mas ele tem tanto para dizer a quem o souber ouvir
beijos

Carla disse...

que o esquecimento se faça com outros dias mais felizes
beijinhos e tudo de bom

Moonlight disse...

Não estás só...
Estou aqui a saborear as tuas palavras.

Beijo

Carla disse...

moonlight
obrigada pela partilha
beijos saborosos

Rey disse...

O que fala alto dentro de nós, definitivamente, é a voz do silencio. Muita gente apenas nao a quer escutar.

Lindo poema.
Beijos!

Carla disse...

Rey
tens razão, essas pessoas não sabem o que perdem
beijinhos

Esplanando disse...

E eu que gosto de prosa...

Vertigo disse...

eu não conseguiria viver sem ele.o silêncio (........)

beijinhos

Carla disse...

esplanando
então tens que voltar noutra altura...

Carla disse...

vertigo
nem eu...

fotógrafa disse...

E de repente....aparece uma mensagem de amizade :
Olá...
Foi aqui que encomendaram?

|““““““““““““““““““““““““||_
|...............*AMOR*...........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*CARINHO*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*ALEGRIA*.........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*AMIZADE*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|........*FELICIDADE*.......|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)

Entrega feita!
Participa na campanha FAZ UM AMIGO FELIZ!!!
Manda esta encomenda p/ todos os teus amigos.
Espero estar incluído nessa lista........
Vou fazer outra entrega ...
Bom fds
Abraço

Carla disse...

fotógrafa
obrigada pela entrega

p y b disse...

Palavras e imagem que se entrelaçam em perfeita simbiose.
Bjs
Elisabete

Carla disse...

Elisabete
obrigada pelas palavras e pela visita

muguet disse...

já palmilhei esse caminho...

Carla disse...

muguet
são várias as vezes que o volto a palmilhar, preciso dele para me reencontrar
bjs