quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Carícia


Chego tímida de desejo
Feita queres turvos
Lábios perdidos em devaneios
De morangos rubros.
Olhar furtivo
De desejos mascarados
Lânguida, frágil
Em sentimentos de cristal
Cubro a inocência
Que se esconde
Nas margens caudalosas do rio.
Nos fios de cabelo,
Estradas que as unhas
Traçaram no teu corpo,
Começo a viagem de descoberta
Liberta de preconceitos
As mãos deram vida aos dedos
Que têm a forma dos teus anseios
Conhecem de cor cada lugar de ti
Param nas divisões secretas
Do prazer sublime
Descobrem nos recantos escondidos
O segredo que só eu sei!
E no êxtase do momento
A liberdade da entrega
Feita de dádiva e gemidos
Afagos que se intensificam
Quando se fundem, os corpos
Enchem os sentidos
Com a luz roubada à lua!

41 comentários:

marta disse...

Não tem dúvida, és espectacular!

Vou continuando a ficar encantada.


Beijo grande

wind disse...

Belo e sensual:)

Fatyly disse...

Quando leio um poema faço-os quinhentas vezes (que exagero:)) de cima para baixo e de baixo para cima como aprendi em tempos que já lá vão.
Arrepiei-me com a mensagem e considero uma pérola de mestre:

Com a luz roubada à lua!
Enchem os sentidos
Quando se fundem, os corpos
Afagos que se intensificam
Feita de dádiva e gemidos
A liberdade da entrega
E no êxtase do momento
O segredo que só eu sei!
Descobrem nos recantos escondidos
Do prazer sublime
Param nas divisões secretas
Conhecem de cor cada lugar de ti
Que têm a forma dos teus anseios
As mãos deram vida aos dedos
Liberta de preconceitos
Começo a viagem de descoberta
Traçaram no teu corpo,
Estradas que as unhas
Nos fios de cabelo,
Nas margens caudalosas do rio.
Que se esconde
Cubro a inocência
Em sentimentos de cristal
Lânguida, frágil
De desejos mascarados
Olhar furtivo
De morangos rubros
Lábios perdidos em devaneios
Feita queres turvos
Chego tímida de desejo
CARÍCIA!!!!

PARABÉNS e adoreiiiiiiiiiiii.

Beijocas sinceras

pin gente disse...

...
roubada como se fosse um terno beijo
para iluminar todos os caminhos
legível nos olhos a força do desejo
nascem da ponta dos dedos os carinhos


ps - não vim alinhar palavras vim vê-las no seu desalinho. gostei!
posso voltar?

beijo
luísa

Carla disse...

Marta
E eu vou continuar a agradecer-te pela tua presença e pela tua força

daniel sant'iago disse...

Não é preciso ser-se explícito para se sentir como se ama...
Parabéns!

Lua de Sol disse...

"As mãos deram vida aos dedos
Que têm a forma dos teus anseios
Conhecem de cor cada lugar de ti"

Sublime é o desejo, o amor, o momento de amar... E sublime é como o descreveste...

Beijocas

Gi disse...

Bonita esta tua viagem de descoberta.

Obrigada pela visita e pelas palavras deixadas no meu canto. Volta sempre.

Um beijinho

ivone disse...

bonito
porque
simples
sim

Anónimo disse...

Lindíssimo Carla
De um gosto supremo.
Vou registar...

um beijinho

AnaMaria (comecei pela Marta
comecei pelo Claras!)
A Marta é uma Querida.

Carla disse...

wind
a sensualidade é um dom que eu considero feminino e do qual não abdico. Acho que as tuas imagens também demonstram o teu gosto pela beleza e pela sensualidade

Carla disse...

fatyly
que dizer! Nunca o vi desta maneira, que lindo o olhar que devolveste destas minhas palavras. Obrigada

Carla disse...

Luísa
volta sempre com belas palavras para alegrarem este meu desalinho

Carla disse...

Daniel
tens razão, muita da magia dos sentimentos está no processo de descoberta

Carla disse...

lua de sol
e sublime a forma como leste

Carla disse...

Gi
vou voltar, porque o teu espaço foi uma bela descoberta

Carla disse...

Ivone
as palavras são simples
os sentimentos nem sempre!

Carla disse...

AnaMaria
a Marta é um doce de pessoa e eu fico contente que tenhas chegado aqui por seu intermédio
Volta sempre

Cleopatra disse...

Quente...sensual...cheio de desejo e paixão!
Tal como eu gosto...

Parabéns mais uma vez!
Obrigada pela visita feita às minhas/nossas Páginas!!

Beijinho!
Cleo

marta disse...

As meninas mimam-me.

Cuidado, que me comovem.

Gione disse...

Olá Carla,
Vim aqui agradecer a tua visita ao meu blog que é, à primeira vista, muito diferente do teu!

Obrigada.

AJO disse...

Vim retribuir a visita lá aos meus Traços e Letras. Gostei do que andei por aqui a ler e vou voltar.
BJS e até já.

Afrika disse...

Ola, obrigada pela tua visita la pelo meu lado... devo dizer-te que já fizeste aqui um grande numero de aficionados e entende-se bem por que!

Parabéns. Gosto do que escreves e como o escreves.

psique disse...

Carla obrigada pela visita e podes voltar sempre.. eu farei o mesmo... belo poema, bela caricia

Carla disse...

Marta
temos razões para isso
Beijos

Carla disse...

cleopatra
acho importante enchermos os nossos dias com estes "pequenos-grandes" sentimentos...assim damos uma ajuda à felicidade

Carla disse...

AJO
até já

Carla disse...

Afrika
obrigada pelas tuas palavras simpáticas

Carla disse...

psique
serás sempre bem-vinda

dragonfly disse...

O que me ocorre dizer é apenas: SUBLIME! a cada dia vou ficando cada vez mais encantada e deliciada com as tuas palavras que alinhadamente se desalinham.... Este poema está fantástico, de uma sensualidade tremenda....gostei mt!

Carla disse...

dragonfly
e que entre os desalinhos se cruzem palavras com alma

fronteiras disse...

Uma carícia que se prde no tempo e no corpo é guardada; profundo, guarnece todo o ser, toda a existência. Excelente.
Abraço
Fronteiras

Carla disse...

fronteiras
Há carícias que nunca se desvanecem

Rafeiro Perfumado disse...

Por um motivo tão nobre como é o amor, tenho quase a certeza que a Lua não irá apresentar queixa-crime... ;)

Um grande RAUF para ti!

Lua de Sol disse...

Deixei-te uma gracinha no meu blog!

Carla disse...

Rafeiro
também acho que não. Aliás fizemos um pacto eu ofereço-lhe um sorriso e ela oferce-me parte da sua luz.

Carla disse...

Lua de sol
Obrigada e um beijinho grande pelo miminho. Como sou caloira nestas andanças preciso que me digas o que é que tenho que fazer para o transportar para o meu espaço.

Sofia disse...

Passo pela primeira vez a ler estas palavras em desalinho, mas se quer que lhe diga estão bem alinhadas e desenhadas, diria mesmo onduladas... Gostei muito, voltarei mais vezes.

beijinhos

Carla disse...

Sofia

E espero que encontre ondas suaves nestes desalinhos

Rui disse...

nunca imaginei tanta sensibilidade e profundidade, até alguns desvaneios conhecendo e vivendo como vivi tão perto, mas fica a agradável surpresa,

continua que eu vou vendo

Carla disse...

Rui
é bom quando as surpresas são agradáveis
continua a passar por aqui